Conheça o drama cearense que discute o racismo e a precarização das escolas públicas.

O universo da sala de aula é cenário do primeiro longa do diretor Déo Cardoso, exibido em competição na Mostra Aurora.

O protagonista é Saulo (Lucas Limeira), um rapaz introvertido que sofre um ato de racismo durante uma aula e decide ocupar as dependências da escola por tempo indeterminado. Usando de ideias dos militantes dos Panteras Negras, ele propõe modificações na instituição, mas a diretoria não permite sua liberdade de pensamento. O protesto solitário de Saulo logo ganha apoio de vários colegas e se transforma num movimento maior, influenciado pelas ocupações dos estudantes secundaristas em São Paulo.

Na entrevista que gravamos com Déo Cardoso em Tiradentes, o diretor fala sobre suas motivações e inspirações na realização do primeiro longa, o desafio de fazer um filme para dialogar com o público jovem, a escolha por uma linguagem mais tradicional e a importância de pessoas negras narrarem suas próprias histórias.

- Confira toda a nossa cobertura da 23ª Mostra de Cinema de Tiradentes.

- Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema.

Share | Download