Impressão Crítica: ”Pleasure”

Olhar crítico e feminista sobre a indústria da pornografia.

Em "Pleasure", a diretora Ninja Thyberg narra a história de ascensão de uma estrela em Hollywood -- não nos grandes estúdios, mas na indústria pornográfica.

Lançado pela MUBI, o filme mostra os bastidores da realização de vídeos pornôs pelo olhar de uma jovem que busca o sucesso, mas se depara com uma realidade permeada por exploração, deslealdade e ambientes tóxicos, especialmente para as mulheres.

Crítica do filme por Renato Silveira e Kel Gomes, editores do Cinematório.

Conteúdo também disponível em vídeo.

- Visite o nosso site e confira podcasts de cinema, críticas de filmes, entrevistas, notícias e muito mais

- Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

- Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br

PLEASURE (2021, Suécia, Holanda, França)

Sinopse: Bella chega a Los Angeles, vinda da Suécia, com sonhos de tornar-se a próxima superestrela do cinema pornográfico. Porém, enquanto sua ambição impiedosa a leva para um território cada vez mais perigoso, Bella luta para conciliar seu sonho de empoderamento com a realidade do lado sombrio dessa indústria.

Elenco: Sofia Kappel, Zelda Morrison, Evelyn Claire, Chris Cock, Dana DeArmond, Kendra Spade, Jason Toler

Direção: Ninja Thyberg 

Roteiro: Ninja Thyberg, Peter Modestij 

Produção: Erik Hemmendorff, Eliza Jones, Markus Waltå 

Direção de fotografia: Sophie Winqvist  

Montagem: Olivia Neergaard-Holm, Amalie Westerlin Tjellesen  

Trilha sonora: Karl Frid 

Duração: 1 h 49 min

Distribuição: MUBI

Share | Download

Episodes Date

Load more

Podbean App

Play this podcast on Podbean App